República Italiana ( Repubblica Italiana )

italy map

Duomo - Torino

A Itália ocupa a península Itálica, no sul da Europa , e algumas ilhas do Mar Mediterrâneo. Na Antiguidade , a região é o berço do Império Romano, responsável pela difusão da língua e da cultura latinas pelo mundo. Roma preserva importantes monumentos do período , como o Coliseu e o Panteão. Encravado na capital italiana está o Estado do Vaticano, sede da Igreja Católica – instituição com forte participação na vida nacional .

Durante o Renascimento, o país torna-se centro de irradiação científica e cultural. As principais cidades italianas abrigam um patrimônio histórico e artístico de valor incalculável , o que atrai mais de 35 milhões de turistas anualmente.

Uma das principais potências econômicas do mundo, a Itália apresenta grande disparidade interna : o norte é bastante industrializado , enquanto o sul é agrícola e mais pobre. A marca de sua história recente é a instabilidade: mais de 60 gabinetes já se sucederam desde o fim da II Guerra Mundial, em 1945.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

English version

Italy is a country that occupies the Italian Peninsula  in southern Europe, and some islands of the Mediterranean Sea. In antiquity, the region is the birthplace of the Roman Empire, responsible for spreading the language and Hispanic culture around the world. Rome preserves important monuments of the period, as the Colosseum and the Pantheon. Stuck in the Italian capital is the Vatican City, seat of the Catholic Church – an institution with strong participation in national life.

During the Renaissance, the country becomes a center for spreading scientific and cultural. The main Italian cities are home to a historical and artistic heritage of incalculable value, which attracts more than 35 million tourists annually.

One of the major economic powers in the world, Italy has great internal disparity: the north is fairly industrialized, while the south is agricultural and poorer. The mark of its recent history is the instability: more than 60 offices already have taken place since the end of  the Second World War  in 1945.

FATOS RECENTES ( 2000 – … )

A coalizão de direita Casa da Liberdade – Liderada pela Força Itália, que inclui a LN (Liga do Norte) e AN ( Aliança do Norte ) – obtém ampla vitória nas eleições parlamentares de 2001. Berlusconi volta a chefia do governo , dando prioridade à drástica redução de impostos e ao severo controle da imigração.

Em 2002, o Parlamento aprovou a lei denominada Bossi – Fini , que restringiu a entrada de imigrantes e tinha como meta a rápida expulsão dos ilegais.

Berlusconi processado

A aprovação de leis como a que permite a réus em casos de corrupção transferir o processo para outra cidade beneficia Berlusconi, que enfrenta várias ações judiciais.  Em abril de 2003, coeça o julgamento do primeiro-ministro , acusado de ter subornado um juíz em 1985 , por ocasião da compra de uma empresa estatal de alimentos. Em junho , o julgamento é suspenso, em virtude da aprovação do projeto de lei que dá imunidade legal aos titulares dos cinco mais altos postos do governo.

Em dezembro de 2004 , Berlusconi é absolvido pela Suprema Corte. Em novembro de 2006 , contudo, volta a ser julgado , dessa ver por fraudes fiscais e lavagem de dinheiro.

Novo Governo

A derrota do governo nas eleições regionais de 2005 leva Berlusconi a renunciar. A pedido do presidente Ciampi , porém, ele permanece no cargo interinamente e, dois dias depois , é convocado a formar novo gabinete , que recebe voto de confiança do Parlamento.  Neste período uma nova crise atingiu o governo , a renúncia de Antonio Fazo, presidente do Banco Central. Fazo foi acusado de ter favorecido um amigo na disputa pela aquisição do Banco Antonveneta.

Eleições

Em 2006, a Itália retirou seus três mil soldados do Iraque. A coalizão de centro-esquerda do ex-primeiro-ministro Romano Prodi venceu as eleições parlamentares com margem de apenas 0,1% e conquistou  a maioria na Câmara, e no Senado Giorgio Napolitano foi eleito presidente pelo Parlamento e tornou-se o primeiro ex-comunista a chegar à chefia do Estado. Na sequência Prodi assumiu como primeiro-ministro.

Crise Política

Em fevereiro de 2007, o Senado vetou proposta do governo de mandar cerca de mil e novecentos soldados italianos no Afeganistão , além de não permitir a expansão de uma base militar norte-americana em Vicenza, no norte da Itália. A derrota leva a renuncia de Prodi , mas o presidente Napolitano pediu sua permanência . Para resolver o impasse, Prodi foi submetido a voto de confiança no Senado. Ele venceu e continuou no poder. No mês seguinte , o Senado aprovou a missão militar no Afeganistão. Para fortalecer a aliança governista , o DS , maior partido da base , resolveu unir-se a Margarida, formando o PD ( Partido Democrata) , em abril.

Agentes da CIA

Em junho de 2007, seis ex-membros do serviço secreto italiano e 26 agentes da CIA , a agência de inteligência norte-americana  , foram julgados pelo sequestro e pela tortura , em 2003 , do clérigo egípcio Abu Omar , suspeito de terrorismo . Dias depois , a defesa conseguiu adiar o processo.

mais informações sobre o fato: assista aqui – entrevista com Abu Omar – legendado em inglês

Imigrantes Romenos

Em outubro de 2007 , um referendo aumentou a idade de aposentadoria , que passou de 57 para 61 anos. No mesmo mês  , um relatório anual afirmou que a máfia é responsável por 7% do PIB. Após a entrada da Romênia na União Européia , em janeiro de 2007 , milhares de cidadãos deste país se dirigem a Itália em busca de trabalho.

Em novembro , um romeno é acusado de ter agredido sexualmente e asssassinado uma mulher em Roma . O episódio desencadeia protestos contra a imigração , e o governo emitiu decreto que determinava a expulsão de imigrantes vindos de países da UE que ameaçassem a segurança pública. Ainda em novembro, Berlusconi anunciou a dissolução da Força Itália e sua substituição por um novo partido , o Povo da Liberdade (PdL).

Romano Prodi renunciou em janeiro de 2008 , depois da saída da União  Aliança Democrática para a Europa (UDEUR) da coalizão e de perder o voto de confiança no Senado.

Crise do Lixo

Em maio de 2008, o Exército é chamado as ruas para conter manifestações  violentas contra o acúmulo de 250 mil toneladas de lixo em Nápoles. Onze pessoas ficaram feridas. A máfia estava por trás da crise e a Comissão Européia processou a Itália por não resolver o problema. Giorgio Napolitano dissolveu o Parlamento e convocou eleições antecipadas.

assista aqui: discurso de Berlusconi sobre a crise do lixo – em português

Re-eleição de Berlusconi

O magnata da imprensa , de 71 anos , é eleito em abril de 2008 com 46% dos votos contra 37% para o prefeito de Roma , Walter Veltroni, do PD. Em maio, o novo governo conseguiu o voto de confiança do Senado , e também anunciou reformas na legislação para ganhar imunidade contra os processos a que responde por corrupção. Berlusconi endureceu as leis contra imigração ilegal , estabelecendo um termo de quatro anos para os estrangeiros presos. Ele também colocou tropas nas ruas em agosto de 2008, para aumentar a segurança.

Economia e Alitalia

Em meio à crise econômica mundial , o PIB caiu 0,5% no terceiro trimestre de 2008. A UE concordou que o controle da Alitalia  deveria ser passado a investidores italianos. Em crise a mais de 10 anos , a companhia aérea quase decretou falência. Em abril de 2008,  fracassaram os planos de compra da Alitalia pela companhia Franco-Holandesa Air France-KLM , por causa da oposição dos sindicatos italianos às demissões. Nas semanas que seguem  à decisão , greves dos funcionários contra cortes cancelam ou atrasam dezenas de voos.

Terremoto

Em 6 de abril de 2009 , centena de  pessoas morreram em decorrência de um terremoto de 6,3 graus na escala Richter que atingiu a região de Abruzzo , no centro da Itália . A cidade de L’Aquila foi completamente destruída. O governo ainda está em busca de medidas que consigam minimizar os problemas de moradores da cidade que estão vivendo em situação deplorável.

mais informações sobre o  terremoto aqui: terremoto na itália – em português

mais informações sobre a Itália aqui:

https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/it.html

Federação Russa ( Rossíyskaya Federátsiya )

russia

moscou-russia

Palco da primeira revolução socialista da história , a Federação Russa é tradicionalmente chamada de Rússia , então república hegemônica da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Desde o fim da Guerra Fria  , no início da década de  1990 , procura re-definir seu papel no cenário mundial e, ao mesmo tempo , solucionar os problemas internos decorrentes da transição do comunismo para o capitalismo. As máfias proliferam e o padrão de vida da população cai drasticamente. Movimentos nacionalistas ameaçam a unidade da federação , composta de cerca de 130 etnias. O mais conflituoso deles ocorre na Chechênia.

A Federação Russa é o país de maior extensão do mundo. Mais de 10 mil quilômetros e dez fusos horários separam São Petesburgo ,  no oeste , de Petropavlovsk , no extremo leste. Seu vasto território se espalha por dois continentes : Europa e Ásia. A parte européia  , delimitada pelos Montes Urais , reúne quatro quintos da população e as principais cidades. As planícies da Sibéria na porção asiática concentram as reservas minerais que fazem do país um dos líderes mundiais na produção de carvão , petróleo e gás natural.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————English version

Stage of the first socialist revolution in history, the Russian Federation is traditionally called Russia, then hegemonic republic of the former Union of Soviet Socialist Republics (USSR). Since the end of the Cold War in the early 1990s, seeking re-define its role on the world stage and at the same time, solve the internal problems of the transition from communism to capitalism. The gangs proliferate and standard of living drops dramatically. Nationalist movements threaten the unity of the federation, composed of about 130 ethnic groups. The most contentious of them occur in Chechnya.

The Russian Federation is the country with the largest extension of the world. More than 10 thousand miles and ten time zones apart St. Petersburg in the west of Petropavlovsk, in the far east. Its vast territory stretches over two continents: Europe and Asia. The European leg, bounded by the Ural Mountains, meets four fifths of the population and major cities. The plains of Siberia in the Asian portion of concentrated mineral reserves that make the country a world leader in the production of coal, oil and natural gas.

FATOS RECENTES (2000 – … )

Em 2001 , Putin dá apoio à coalizão contra o terrorismo liderada pelos EUA e expressa o desejo de que a Federação Russa seja admitida na Otan. No ano seguninte , é criado em Roma o Conselho Otan-Federação Russa . O governo russo , com França e Alemanha, opõe-se no início de 2003 ao ataque anglo-americano ao Iraque.

assista aqui:

Controle do Gás e do Petróleo

Internamente , Putin procura recuperar a economia e reunir , sob o controle do governo , empresas que exploram os principais recursos energéticos do país. A Gazprom , companhia de gás natural que havia sido privatizada no governo de Iéltsin , passa a ter mais de 50% das ações em poder do Estado e passa a ser utilizada como uma arma de pressão contra países vizinhos e a União Européia(UE). O bloco europeu compra dos russos um quarto do gás que consome.

Há também uma ofensiva contra os chamados oligarcas – empresários que obtiveram altos lucros com as privatizações. Um dos casos mais rumorosos é o da Yukos , a segunda maior companhia petrolífera do país  , que tem dois dos seus principais executivos presos em 2003 , sob suspeita de crimes fiscais e fraudes. Eles são condenados em 2005 a nove anos de prisão. A principal subsidiária da Yukos tem seu controle acionário comprado por uma companhia estatal , a Rosneft. Ao definir esse objetivo estratégico de controle das matérias-primas do país , o governo não interfere , porém , nos demais setores da economia . A maior parte da indústria e dos serviços continua nas mãos da iniciativa privada.

Novo Mandato

Em 2004 , Vladimir Putin conquista novo mandato ao obter mais de 70% dos votos nas eleições. Uma série de atentados atinge o país durante o ano. Em setembro , ocorre o mais violento: a tomada de reféns em uma escola de Beslan ( Ossétia do Norte ) por rebeldes chechenos.

Conflitos externos

No início de 2006 , a Gazprom corta o fornecimento de gás a Ucrânia , exigindo aumento no preço pago pelo país vizinho. Um acordo viabiliza um valor intermediário , mas a polèmica coloca em alerta a União Européia. No mesmo ano , abre-se grave crise diplomática entre a Federação Russa e a Geórgia , quando o governo georgiano prende quatro militares russos sob a acusação de espionagem. Putin ordena a retirada de diplomatas , endurece a lei de imigração e expulsa georgianos de seu território. A Geórgia acusa a Federação Russa de pretender anexar a Abkházia e a Ossétia do Sul (territórios separatistas na Geórgia , onde há significativa população russa) . Os militares são soltos depois de alguns dias.

OMC

Após 13 anos de negociações , a Federação Russa chega a um acordo preliminar com os EUA para entrar na OMC (Organização Mundial do Comércio) . O estado russo é a única grande economia do mundo fora da instituição. Para que o ingresso seja formalizado , todos os membros da OMC tem de aprová-lo.

Escudo Antimísseis

Putin disfere pesadas críticas ,no decorrer de 2007, contra o plano norte-americano de instalar um sistema de escudos antimísseis na Europa do Leste. Os EUA pretendem utilizar uma estação de radares na República Tcheca e dez interceptadores de foguetes na Polônia . O objetivo oficial é a defesa contra possíveis ataques de mísseis do Irã e da Coréia do Norte. O governo russo, entretanto , dizsentir-se diretamente ameaçado pela colocação do sistema . Ameaça até mesmo apontar mísseis russos contra cidades da Europa , como forma de defesa. Analistas veem nessa postura a inquietação de Putin com o avanço dos EUA em regiões antes consideradas zonas de influência direta dos russos. O presidente suspende , a partir de dezembro , a participação da Federação Russa no Tratado de Forças Convencionais na Europa ( CFE , na sigla em inglês ), que regula o deslocamento de armas convencionais no continente europeu.

Eleições Parlamentares

Nas eleições parlamentares de dezembro de 2007 , o partido do presidente , Rússia Unida , obtém esmagadora vitória , com 64,3% dos votos . O partido comunista da Federação Russa obtém 11,6% e o Partido Liberal Democrático da Rússia , 8,1%. Em seguida , Putin indica como seu candidato a presidente , nas eleições de março de 2008 , o vice-primeiro-ministro Dmitri Medvedev.

Direitos Humanos

A Anistia Internacional divulga relatório , em fevereiro de 2008 , no qual afirma que aumentaram as restrições aos direitos civis e à liberdade de expressão durante o governo Putin. No mesmo mês , relatório da Human Rights Watch registra que há pressões do governo contra a oposição , as organizações de locais como a Chechênia e as entidades que documentam casos de violação dos direitos humanos.

Medvedev Presidente

Dmitri Medvedev é eleito presidente ,em março , com 70,3% dos votos . Seu principal oponente , o comunista Gennady Zyuganov , obtém 17,7%. Em maio , em seu último ato na Presidência , Putin assina decreto que regulamenta os investimentos estrangeiros no país. O texto lista 42 setores da economia – entre os quais a indústria de armamentos , aeroespacial e de telecomunicações – em que há restrições à participação externa. No mesmo mês , Medvedev toma posse como presidente e indica Putin como primeiro-ministro.

Guerra contra a Geórgia

Em agosto eclode sério conflito militar entre a Federação Russa e a Geórgia. A crise tem início depois que tropas georgianas atacam a república separatista da Ossétia do Sul. Os russos são aliados dos ossetas e mantêm ali , desde 1992 , tropas de paz.  A resposta russa é arrasadora : em menos de uma semana , retoma o controle da Ossétia do Sul e ocupa também a outra república separatista georgiana, a Abkházia , além de territórios da Geórgia em torno dessas duas regiões.

A ofensiva georgiana , ordenada pelo presidente Mikheil Saakashvili , é interpretada por analistas como uma tentativa de envolver diretamente a Otan e os  EUA ( aliados do governo da Geórgia) nas disputas com os russos. Não há , porém , envolvimento militar das nações ocidentais . A Otan , a UE e o governo norte-americano condenam de forma enérgica a ação russa , mas somente no campo diplomático. O conflito provoca 100 mil refugiados, segundo cálculos da ONU. Estima-se que haja centenas de mortos.

assista aqui:

O presidente francês , Nicolas Sarkozy , que ocupa a presidência da UE , negocia um acordo de cessar-fogo  , que põe fim a guerra. A Federação Russa , entretanto , mantém cerca de 8 mil soldados nas duas repúblicas separatistas. Em atitude que irrita os países da Otan e provoca o rompimento de relações por parte da Geórgia  , o governo russo reconhece a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia. A medida é vista como resposta à declaração de independência de Kosovo , província da Sérvia  , que recebeu o apoio dos EUA  e da maioria da UE , e a forte oposição dos russos.

Crise Econômica

A crise econômica mundial atinge com força o mercado acionário russo.Entre setembro e outubro , quedas violentas dos preços de ações provocam diversas interrupções nas bolsas da Federação Russa. Um dos motivos centrais é o fato de que a economia do país tem como base matérias-primas , como o petróleo , cujos preços despencaram . O governo decide cortar impostos e conceder ajuda aos bancos , entre outras medidas para estancar a crise.

mais informações aqui: https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/rs.html

República Francesa (République Française )

france2

france_eiffeltower_2001_07_122

em frente ao Hotel des Invalides

Tradicional pólo de irradiação das artes , das idéias e da cultura ocidental , a França é a nação mais visitada do mundo. Recebe milhões de turistas a cada ano , que se dirigem principalmente à capital , Paris , situada às margens do rio Sena. A cidade abriga importante patrimônio histórico , com destaque para os museus d’Orsay e Louvre e monumentos como a Catedral de Notre-Dame , o Arco doTriunfo e a Torre Eiffel.

Nos últimos 150 anos , a França acolheu mais estrangeiros que qulquer outro Estado Europeu , especialmente após o colapso de seu império colonial na África. As maiores comunidades são de argelinos e marroquinos. Dona do sexto maior Produto Interno Bruto (PIB) mundial , a nação conta com modernas indústrias aeroespaciais, de telecomunicações e de biotecnologia. É uma importante exportadora de produtos alimentícios  , como seus famosos vinhos e queijos. Destaca-se também como potência militar e nuclear , com significativo arsenal atômico , e é um dos pilares da União Européia (UE) , ao lado da Alemanha.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

English Version

Traditional hub of the arts, ideas and Western culture, France is the most visited nation in the world. Receives millions of tourists each year, which are primarily directed to the capital, Paris, situated on the banks of the Seine. The city is home to important historical heritage, especially the museums d’Orsay and Louvre and monuments like the Cathedral of Notre-Dame, the Arc de Triomphe  and the Eiffel Tower.

In the past 150 years, France has welcomed more foreigners than other European state, especially after the collapse of its colonial empire in Africa. The largest communities are Algerians and Moroccans. Owner of the sixth largest gross domestic product (GDP), the nation has modern aerospace, telecommunications and biotechnology. It is a major exporter of food products, such as its famous wines and cheeses. It also stands out as military and nuclear power, with a significant nuclear arsenal, and is one of the pillars of the European Union (EU), along with Germany.

FATOS RECENTES (2000 – … )

Em 2001 , o presidente Chirac é acusado de ter recebido comissões referentes a obras públicas quando era prefeito de Paris (1977/1995).  A principal Corte de Apelações , porém , decide que ele é imune a processos e investigações durante o mandato.

Chirac re-eleito

O presidente Chirac vence o primeiro turno da eleição presidencial de 2002 com apenas 19,84% doos votos . Inesperadamente , o líder do partido de extrema direita  Frente Nacional , Jean-Marie Le Pen , fica em segundo lugar , com 16,86% . Centenas de milhares de pessoas protestam contra Le Pen , acusado de racismo. Socialistas e outros partidos de esquerda apoiam Chirac , re-eleito no segundo turno , com 82,2% dos votos. Jospin renuncia ao cargo de primeiro-ministro e é substituído por Jean-Pierre Raffarin , da centrista Democracia Liberal (DL).

Nas eleições para a Assembléia Nacional , semanas depois , a coligação de direita União pela Maioria Presidencial (UMP) – da qual fazem parte a Reunião pela República (RPR) , de Chirac , e a DL – conquista 355 das 577 cadeiras. O Partido Socialista (PS) obtém 140. No mesmo ano , RPR e DL se fundem , formando a União por um Movimento Popular (UMP). O PS se recupera nas eleições regionais de março de 2004 e , em aliança com os comunistas (PCF) e os verdes , vence a disputa em 20 dos 21 Conselhos.

Divergência com os EUA

Em 2003 , a França lidera um bloco de países contrários a um ataque militar norte-americano ao Iraque . Após a tomada de Bagdá pelos EUA , a França volta a divergir de Washington e defende a devolução rápida do poder no Iraque aos iraquianos.

Crise na UE

Em 2005 , funcionários públicos organizam três dias de greve nacional contra uma proposta de reforma trabalhista. Os trabalhadores temem que as medidas para combater o desemprego de 10% e reaquecer a economia diminuam os benefícios sociais. O descontentamento com o governo é um dos motivos que levam os franceses a rejeitar , em maio , a proposta de Constituição da UE. O referendo realizado no país registra 54,87% de votos contrários ao texto , resultado que provoca a maior crise na história do bloco europeu. Raffarin renuncia e é substituído pelo então ministro do Interior, Dominique de Villepin (UMP).

Revolta nos Subúrbios

Ainda em 2005 , a morte de dois adolescentes eletrocutados enquanto fugiam da polícia provoca uma onda de violência promovida por jovens moradores de subúrbios descendentes de imigrantes , revoltados com a exclusão social no país. O governo decreta estado de emergência. Após 21 dias de conflitos  , o saldo é de uma morte ,126 policiais feridos , 10 mil carros incendiados  , 233 prédios públicos atingidos por bombas caseiras e amis de 4700 prisões efetuadas. O ministro do Interior , Nicolas Sarkozy , manda deportar mais de 120 estrangeiros condenados por participação nos distúrbios , inclusive os que possuem visto de residência.

Protestos contra o CPE

Em janeiro de 2006 , a aprovação de uma polêmica lei que reduz os direitos trabalhistas para incentivar a contratação de jovens  – chamada de Contrato do Primeiro Emprego (CPE) – provoca onda de protestos tida como o maior conflito político-sindical-estudantil do país desde o movimento de maio de 1968. Duas greves gerais paralisam a rede de transportes  , afetando escolas , bancos e repartições públicas e mais de 2 milhões de pessoas saem às ruas. A pressão popular obriga o prsidente Jacques Chirac a revogar a lei em abril . Em seu lugar são aprovados novos programas de subsídios às empresas que contratam jovens. O episódio corrói a popularidade de Chirac e Villepin enfraquecendo o governo.

Disputa Política

Em abril de 2006 , acusações de que o presidente Chirac e o primeiro-ministro Villepin participaram de uma ação para tentar incriminar Sarkozy provocam crise no governo . Com a comprovação de que as acusações eram falsas  ,  a pressão em favor da renuncia de Villepin aumenta . A disputa política está diretamente ligada à corrida presidencial de 2007 , com Sarkozy e Villepin como pré-candidatos pela UMP.

Lei de Imigração

Em junho , o Senado aprova controversa lei de imigração seletiva , que favorece a entrada de imigrantes com bom nível de instrução em detrimento daqueles com menor qualificação profissional. A nova legislação torna mais rigorosas as regras para que imigrantes tragam parentes ao país e exige que eles aprendam o idioma francês , além de eliminar dispositivo que permitia aos imigrantes ilegais a regularização do visto após permanecerem dez anos no país.  A medida , que atinge principalmente muçulmanos das ex-colônias francesas no norte da África , provoca protestos de sindicatos e grupos de defesa dos direitos humanos.

Política Externa

Em agosto , a França exerce importante papel nas negociações para o cessar-fogo no conflito entre Líbano e Israel. Ao lado da Itália , os franceses comandam a força de paz da ONU no Oriente Médio  , enviando 2 mil soldados. Em outubro ,  a Assembléia Nacional aprova lei  que considera crime negar o genocídio de 1,5 milhão de armênios , cometido pelos turcos otomanos entre 1915 e 1922. A França tem a maior comunidade armênia da União Européia , com 300 mil pessoas. A decisão provoca protestos na Turquia e abala a relação entre os dois países. No mesmo mês , a França é acusada de ter participado do genocídio em Ruanda , em 1994.

Eleição de Sarkozy

Na votação presidencial de maio de 2007 , o ex-ministro do Interior Nicolas Sarkozy (UMP) vence com 53% dos votos.  A socialista Ségolène Royal (PS) fica em segundo com 47%. O novo presidente obtém outra vitória política no mês seguinte , quando a UMP conquista 313 das 577 cadeiras em disputa nas eleições parlamentares. François Fillon (UMP) é nomeado primeiro ministro.

assista aqui:

Greves

Em outubro é aprovada nova lei de imigração , que exige teste de DNA dos imigrnates que quiserem se juntar a familiares residentes na França. A oposição critica a medida . Entre outubro e novembro   , Paris vive dias de caos quando o transporte público e o setor energético entram em greve  , em protesto contra cortes de benefícios trabalhistas. Os trabalhadores protestam contra o fim do regime de aposentadorias especiais da categoria , proposto por Sarkozy. O benefício , recebido por 500 mil funcionários públicos , foi intituído após a II Guerra Mundial , inicialmente destinado a trabalhadores em funções árduas. As greves afetam também a produção de energia nuclear  , responsável pela maior parte do abastecimento energético do país. ( A França é a maior produtora e exportadora de energia nuclear do mundo. Atualmente o país possui 59 usinas atômicas , que respondem por 75% da eletricidade utilizada pelos franceses).

Ainda em novembro , Sarkozy visita os EUA para promover a reaproximação dos dois países , que tiveram relações abaladas quando a Françacriticou a invasão do Iraque pelo exército norte-americano , em 2003.

Tratado de Lisboa

Em janeiro de 2008 , Sarkozy anuncia o estabelecimento de uma base militar nos Emirados Árabes Unidos , em troca de cooperação nuclear com o país  árabe. Ainda em janeiro , o banco Societé Générale , o segundo maior do país , anuncia um rombo histórico de cerca de 5 bilhões de euros devido a fraudes promovidas por um operador de ações da instituição. Em março , a França ratifica o Tratado de Lisboa , que pretende substituir a rejeitada Constituição Européia com o objetivo de reformar as instituições políticas da UE. Mas o projeto fracassa em junho , quando a mairia dos irlandeses diz não ao tratado , em referendo sobre o assunto.

Casamento

Ainda em fevereiro , Sarkozy se casa com a cantora e ex-modelo italiana Carla Bruni . A exposição do romance abala a popularidade do presidente e a UMP perde o governo de cidades importantesnas eleições municipais de março. Em abril , Sarkozy bate recorde de rejeição  , com mais de 60%. Em maio , pelo menos 200 mil pessoas saem  às ruas para protestar contra um projeto de cortes de empregos na educação pública. Em junho , a UE aprova uma lei de repatriação de imigrantes ilegais , que estabelece um prazo máximo de seis meses de detenção de clandestinos.

União Européia

Em julho , Sarkozy assume a presidência rotativa da UE por seis meses. Uma das prioridades de sua gestão é restringir a imigração para o continente e criar medidas para expulsar mais facilmente imigrantes ilegais. Energia , meio ambiente , agricultura  e defesa são outros temas que se destacam em sua agenda.

Crise Global

Em meio à crise financeira global , a França anuncia , em outubro , um pacote de 10,5 bilhões de euros para socorrer os principais bancos do país , em ação conjunta com a de outros países europeus. Em novembro , a França prende o chefe militar do ETA , grupo separatista basco que atua na Espanha. No mesmo mês , o grupo islâmico radical Talibã ameaça atacar Paris , caso a França não retire as tropas que mantém no Afeganistão.

assista aqui:

Ameaça Terrorista

Em dezembro , a polícia encontra cinco cartuchos de dinamite em uma loja de departamentos no centro de Paris. A ameaça é atribuída a um gupo autodenominado Frente Revolucionária Afegã , que exige a retirada das tropas francesas do Afeganistão. O incidente deixa os órgãos de informação do governo em alerta.

mais informações:https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/fr.html

Reino dos Países Baixos (Koninkruk Der Nederlanden)

netherlands

zwanenburgwal1-amsterdan1

O país chama-se oficialmente Reino dos Países Baixos, mais é mais conhecido em muitas nações como Holanda , nome de uma de suas províncias. Inteiramente formada por planícies , a nação tem quase metade do território abaixo do nível do oceano. Um complexo sistema de diques e barragens vem sendo construído há séculos , com o objetivo de ampliar a superfície acima das águas do mar do Norte. O principal porto holandês , Roterdã, é um dos mais movimentados do mundo. Altamente industrializada , a Holanda apresenta entre 1995 e 2000 índices de crescimento superiores aos da média da União Européia (UE). Mais de 150 canais cruzam Amsterdã , a capital , que recebe anualmente milhões de turistas. O país é conhecido por sua postura liberal em questões de comportamento.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

English version

The country is officially called the Kingdom of the Netherlands, more is better known in many countries such as Holland, the name of one of its provinces. Entirely made up of plains, the country has almost half the country below sea level. A complex system of dikes and dams has been built for centuries, with the aim of expanding the area above the waters of the North Sea. The main Dutch port, Rotterdam is one of the busiest in the world. Highly industrialized, the Netherlands introduced between 1995 and 2000 growth rates above the average of the European Union (EU). Over 150 channels intersect Amsterdam, the capital, which receives millions of tourists annually. The country is known for his liberal stance on issues of behavior.

FATOS RECENTES ( 2000 – … )

Dias antes das eleições de 2002 , Pim Fortuyn , líder do recém-criado partido de extrema direita Lista Pim Fortuyn (LPF) , é morto a tiros. O Apelo Cristão – Democrata (CDA) , partido mais votado , forma governo com a LPF e o Partido Popular por Liberdade e Democracia/ Liberal da Holanda (VVD) , tendo Jan Pieter Balkenende (CDA) como primeiro-ministro. Em outubro , divergências internas na LPF causam o colapso do governo.

Intolerância

O assassinato de Pim Fortuyn é sinal de que a integração das comunidades estrangeiras na sociedade holandesa não é tão harmoniosa .Em 2004 , o cineasta Teo van Gogh , que dirigira um documentário sobre a opressão feminina nas sociedades islâmicas , é morto por um radical muçulmano. Desde então, o governo holandês passa a enrijecer as políticas de imigração e a repressão ao terrorismo. A ministra de Imigração, Rita Verkonk, conhecida como “dama de ferro”, introduz exames de língua e cultura holandesas para imigrantes que desejam permanecer no país e expulsa clérigos mulçumanos acusados de terrosrismo . Sob sua gestão, cresce o número de imigrantes ilegais deportados.

Deportação

Nas eleições de 2003, o CDA conquista 28,6% dos votos . Balkenende forma governo de coalizão entre CDA, VVD e os Democratas 66 (D66). Em 2004 , a Segunda Câmara ( Parlamento) aprova lei que permite a deportação de 26 mil estrangeiros em busca de asilo.

União Européia

Em junho de 2005 , 61,6%  dos eleitores holandeses rejeitam o projeto de Constituição  da UE em referendo. Três dias antes , 54,8% dos franceses já haviam dito não. Os resultados geram crise , pois , para entrar em vigor , a Constituição deveria ser aprovada por todos os países-membros. Em 2007 , o primeiro-ministro anuncia que o Tratado de Lisboa – nova carta da UE – seria aprovada no fim de 2008 pelo Parlamento  , para evitar novo referendo.

Crise Política

Em junho de 2006, o D66 deixa a coalizão e provoca a dissolução do governo. Nas eleições parlamentares antecipadas para novembro , o CDA conquista 41 das 150 cadeiras. Em fevereiro de 2007 , é anunciada a nova coalizão governista , que , além do CDA , conta com o PvdA e a União Cristã (CU).

Eutanásia

A Câmara dos Deputados aprova uma lei , em fevereiro de 2008 , que permite a eutanásia voluntária e a morte assistida nos casos de doentes terminais e doenças sem curas . Em abril , fracassam os planos de compra da Alitalia pela companhia franco-holandesa Air France-KLM , por causa da oposição dos sindicatos às demissões.

Radovan Karadzic

Em julho , o ex-líder sérvio da Bósnia  , Radovan Karadzic , comparece pela primeira vez no Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia , na cidade de Haia. Ele é acusado  de genocídio e crimes contra a humanidade durante a Guerra da Bósnia (1992-1995) . No mesmo mês , o país começa a vender etanol brasileiro.

Crise Econômica

Em outubro , o governo anuncia a injeção de 10 bilhões de euros no maior banco do país , o ING , que prevê prejuízo de 500 milhões de euros por causa da crise. No mesmo mês, Ahmed Aboutaleb , um holandês de origem marroquina , se torna o primeiro político de origem estrangeira a assumir a prefeitura de Roterdã. Os partidos conservadores protestam.

mais informações:https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/nl.html

Turcomenistão (Türkmenistan)

turkmenistan2

saparmyrat-nyiazov2

O Turcomenistão situa-se na costa do Mar Cáspio, onde existe grande reserva de petróleo quase inexplorada.O deserto de Karakum ocupa 80% do território e assenta-se sobre imensas jazidas de gás natural, a principal fonte de receita do país no exterior. A construção de um imenso canal – o Karakumskiy – que parte do Rio Amu Dária , iniciado nos anos 1950 , permite irrigar grandes áreas , ampliando a agricultura , mas provoca efeitos ambientais catastróficos sobre o Mar de Aral , que está secando.

Independente desde 1990 , com a desagregação da União Soviética (URSS) , a nação viveu anos sob regime centrado no culto à personalidade do presidente Saparmyrat Niyazov , morto em 2006.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

English version

Turkmenistan is located in the Caspian Sea coast, where there is vast oil reserves almost unexplored. The Karakum desert occupies 80% of the country and sits on huge deposits of natural gas, the main source of revenue abroad. The construction of a large channel – the Karakumskiy – that part of the Amu Darya River, which began in the 1950s to irrigate large areas, expanding agriculture, but it causes catastrophic environmental effects on the Aral Sea, which is drying up.

Independent since 1990, with the disintegration of the Soviet Union (USSR), the nation spent years focused on the regime under the personality cult of President Saparmurat Niyazov, who died in 2006.


FATOS RECENTES ( 2000 – … )

Em 2002, o presidente Niyazov sai ileso de uma tentativa de assassinato. Boris Shikhmuradov, que havia retornado ao país após comandar a oposição no exílio, é acusado e condenado a prisão perpétua.

Morte de Niyazov

Em dezembro de 2006 , Niyazov morre de forma repentina, aos 66 anos. O vice-primeiro-ministro Gurbanguly Berdymuhamedov assume a chefia do governo , sendo eleito preesidente do Parlamento dois meses depois , com 89% dos votos . Quando vivo , Niyazov promove um culto à sua personalidade numa escala rara na história: sua imagem aparece até em cédulas de dinheiro e garrafas de vodka.

assista aqui:

Aberto a investimentos

Em 2007, o novo presidente promete abrir o país a investimentos externos em energia. Em novembro, a Federação Russa aumenta em 50% o preço que paga pelo gás turcomano. Em maio de 2008 , a nação ratifica acordo de cooperação na área da energia com a União Européia.

mais informações:https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/tx.html